Uma onda de cibercrimes está se espalhando pelo planeta. Nunca se ouviu falar tanto de ransomware como no ano de 2017, e quem mais sofre com esses ataques são as empresas.

O primeiro grande ataque foi o do WannaCry em maio, que atingiu mais de 300 mil computadores em mais de 150 países. Nas semanas que se seguiram, novas versões do ransomware foram lançadas. Entre elas estavam o Petya, um novo ataque em escala menor que deixou máquinas totalmente inoperantes.

Naquela época os especialistas em segurança alertaram para o que seria apenas a “ponta do iceberg”.

No começo dessa semana um novo ransomware (Bad Rabbit) já infectou vários computadores na Russia, Turquia, Alemanha e Ucrânia. O Bad Rabbit infecta as máquinas através de um instalador falso do Adobe Flash Player.

Os cibercriminosos por trás do vírus pedem algo em torno de 0,05 Bitcoins, mais ou menos R$ 1 mil como pagamento.

Confira abaixo um infográfico com os principais cuidados que as empresas precisam ter para evitar ataques cibernéticos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bônus:

Sistema Operacional

Mantenha sempre o sistema operacional atualizado. O Windows possui o Windows Update, que quando ativado, baixa automaticamente as atualizações de segurança.

Com estes passos, sus empresa estará protegida contra ataques cibernéticos, seja vírus ou ransomware.

Não sabe como fazer um Backup? Confira este artigo sobre Backup de Dados

 

Fontes: