É indiscutível que a evolução da tecnologia possibilita coisas incríveis em nosso dia a dia. Quando o computador da sua empresa apresenta algum problema e você precisa acionar o suporte de TI, você pode escolher entre receber um suporte presencial ou remoto, por exemplo.

Claro que tudo dependerá do tipo de instabilidade do equipamento.

Por que é importante diferenciar o suporte presencial do remoto?

Partimos de um princípio básico: você tem um problema de TI. Isso quer dizer que quanto mais rápido solucioná-lo, melhor

Vamos analisar o caso de uma franquia de alimentação. Se o computador usado como caixa parar o estabelecimento, ele não conseguirá registrar os seus pedidos, muito menos receber os pagamentos dos clientes. Ou seja, a franquia acaba perdendo dinheiro.

O técnico de TI com certeza pode ajudá-lo. Porém, quanto mais detalhes ele receber sobre o problema, mais rápida será a sua solução. Principalmente quando a empresa opta por utilizar um serviço sob demanda. 

Nesse cenário, é papel do usuário descrever o problema com precisão para o profissional de TI. Isso tornará o processo muito mais ágil e eficaz.

Além disso, saber identificar o tipo de chamado ajudará a empresa a economizar também. O suporte de TI presencial tem um valor superior ao remoto. 

Sendo assim, quando ele é acionado sem necessidade, a empresa perde a oportunidade de economizar o valor do chamado e o tempo para a solução do problemaPortanto, entender a diferença entre os tipos de chamados é uma vantagem para o seu negócio.

Em quais situações o suporte presencial de TI é indicado?

Como já comentamos, o suporte presencial trabalhará na solução de problemas mais complexos, que não podem ser resolvidos remotamente. Essa é sua principal característica.

Por isso, esse suporte será a opção recomendada para serviços de infraestrutura de TISempre que for necessária a instalação de dispositivos, manuseio de equipamento, cabeamento ou troca de peças, a presença de um profissional no local é indispensável.

Para deixar tudo ainda mais elucidado, vamos listar algumas situações nas quais o suporte presencial de TI costuma ser mais indicado:

  • Manutenção preventiva: apesar de ser possível avaliar a parte de softwares a distância, geralmente é recomendada a limpeza interna de alguns hardwares, como o cooler, por exemplo. Principalmente se a máquina for um desktop.
  • Infestação de vírus: caso suspeite que o seu computador foi atacado por um vírus, a recomendação é mantê-lo desligado até que o técnico chegue ao local. Essa é uma forma de minimizar os dados de uma invasão.
  • Manutenção de periféricos: na hora de avaliar uma impressora, por exemplo, é muito mais efetivo fazer isso com o equipamento em mãos.
  • Instalação de roteadores empresariais: ao escolher o local onde o equipamento será instalado, é preciso levar em consideração a estrutura do local, distância e até mesmo a espessura das paredes. Com um técnico no local, é possível avaliar em qual posição o sinal do roteador será mais abrangente.
  • Configuração de redes e servidores físicos: esse é um processo que exige a supervisão de um profissional, para que seja executado da maneira correta.

    Dica: como identificar a necessidade do suporte presencial

    Vamos pensar em outras situações em que o usuário pode ficar em dúvida sobre quais tipo de suporte acionar. Por exemplo, caso seja necessário realizar a formatação de um computador que está totalmente travado. 

    Você sabe afirmar qual é o tipo de atendimento mais indicado? Bem, nesse caso a resposta será o suporte presencial

    Calma, que nós vamos explicar o porquê! Um computador que está completamente travado impede duas coisas essenciais para que um atendimento remoto aconteça: a interação do usuário e uma conexão segura com a internet

    Além disso, muito provavelmente será necessário realizar um backup físico dos arquivos guardados na máquina. Logo, apenas um profissional de TI poderá realizar esse procedimento de maneira segura, utilizando um HD, CD ou pendrive.

    Quais são as vantagens do suporte presencial?

    Agora que você já sabe quais problemas resolver com o suporte presencial de TI, chegou a hora de conhecer as principais vantagens desse modelo!

    Identificação do problema real

    Como é o técnico que está no local para analisar a situação, ele mesmo consegue identificar a situação. 

    Se ele não estivesse, precisaria confiar no relato de terceiros. Esses relatos muitas vezes não oferecem todas as informações necessárias ou passam dados equivocados, prejudicando a resolução correta do caso.

    Mas, quando atua de forma presencial, o técnico consegue visualizar o que deve ser feito, sem precisar se guiar pelo que os outros falam.

    Atendimento mais eficiente

    No suporte remoto, se a pessoa que abriu o chamado não deu todos os detalhes para o profissional de TI, isso significa que ele pode não ser capaz de resolver a situação, já que não tem todas as informações necessárias para isso.

    Mas, quando atua de forma presencial, o técnico pode ser mais eficiente, porque ele sabe o que está acontecendo. Ou seja, sem precisar confiar totalmente no relato de uma pessoa que talvez não entenda bem da área de TI.

    Maior agilidade na resolução de problemas complexos

    Uma vantagem que está associada à anterior é a capacidade do suporte presencial resolver o problema complexo de modo mais rápido.

    Afinal, como o profissional está no local, todo o procedimento acontece de forma ágil, já que ele vê o que deve ser feito e já aplica as ações necessárias para solucionar o caso.

    Avaliação das necessidades da infraestrutura de TI

    Quando o atendimento é presencial, o técnico consegue analisar melhor quais são as necessidades relacionadas à infraestrutura de TI da empresa.

    Além disso, o próprio gestor pode explicar quais são as deficiências da infraestrutura de TI e, assim, o técnico pode elaborar estratégias para aprimorá-la, além de facilitar todo o planejamento de suporte.

    Fonte: https://netsupport.com.br/blog/suporte-presencial-ti/