Os e-mails corporativos são uma das principais portas de entrada para ameaças de segurança a infraestrutura de TI das empresas. Para minimizar os riscos é preciso fortalecer a proteção dos dados da organização e ampliar a educação dos colaboradores sobre a utilização adequada deste meio de comunicação.

Quais são as maiores ameaças ao e-mail corporativo?

Existem várias formas de ataques a e-mails corporativos que podem representar riscos e prejuízos para a empresa. Eles vão desde ameaças digitais e complexos ciberataques ao roubo de dispositivos móveis que não estão devidamente protegidos e podem entregar de mãos beijadas o acesso a dados.Uma das ameaças mais comuns ao e-mail corporativos são mensagens disfarçadas como legítimas, para que o usuário instale inadvertidamente um malware em seu dispositivo. Essas mensagens usam phishing e engenharia social para atrair o destinatário com um assunto de seu interesse para clicar no link ou baixar o arquivo suspeito. Com o aumento considerável do uso de dispositivos móveis para fins profissionais, a vulnerabilidade dos dados corporativos também cresce. No caso das políticas de trabalho remoto, por exemplo, é preciso restringir a redes seguras o uso dos equipamentos relacionados à empresa, evitando a contaminação da rede corporativa durante atividades pessoais.

Como a falta de segurança nos e-mails corporativos pode prejudicar a empresa?

Como dissemos, o e-mail corporativo ainda é um dos principais meios de comunicação e compartilhamento de documentos importantes em uma empresa. Assim, se esse meio falha ou sofre algum tipo de ataque, são esses documentos e informações que estão sob risco.

O vazamento de dados é um dos maiores medos da segurança da informação. Isso porque informações sigilosas e dados sensíveis podem cair nas mãos de pessoas mal-intencionadas ou concorrentes. Além disso, a proteção de dados pessoais de terceiros armazenados pela empresa é prevista por leis como a LGPD e a falha nessa proteção pode significar multas e outras sanções.

Como garantir segurança no e-mail corporativo?

Existem algumas medidas e recursos que a gestão de TI pode adotar, a fim de aumentar a segurança dos e-mails corporativos e garantir o controle sobre as transações de dados por esse meio.

Use filtros e anti-spam

Os filtros configurados no e-mail são uma das principais formas de se assegurar a confiabilidade das mensagens que chegam à caixa de entrada. O anti-spam vem ficando cada vez mais aprimorado e consegue rastrear mensagens com conteúdos suspeitos, links maliciosos e propagandas não solicitadas.

No entanto, para o e-mail corporativo, também é importante configurar outros tipos de filtro que inibam o recebimento de arquivos maliciosos, como tipos de arquivos incomuns para a empresa, por exemplo. É possível permitir que os profissionais possam fazer o download apenas de tipos utilizados pela empresa, como PDF, imagens e documentos Office.

Adote autenticação de 2 passos

A autenticação de 2 passos evita o acesso não autorizado a sistemas ou dados, adicionando uma camada de verificação de identidade no caso de acesso em dispositivos desconhecidos. Assim, é necessário um dispositivo específico, um número de telefone ou outro endereço de e-mail para validar a legitimidade de um acesso.

Incentive o uso de senhas complexas

Mesmo com a autenticação de 2 passos configurada, é importante que as senhas usadas sejam fortes e complexas, dificultando o trabalho de descobrir senhas de possíveis hackers.

Cabe à gestão de TI conscientizar os usuários da relevância das senhas complexas e criar requisitos obrigatórios como o uso de letras, números e caracteres especiais nas senhas corporativas. A troca periódica compulsória da senha também é um recurso de segurança adicional.

Use sistemas de metadados confiáveis

O sistema de metadados permite um controle criterioso do conteúdo recebido e enviado nos e-mails corporativos. Esse monitoramento é importante para identificar padrões, reparar erros e otimizar recursos.

Dessa maneira, sistemas confiáveis devem incluir elementos que auxiliem na verificação da integridade da mensagem e na validação do conteúdo, dando mais controle à empresa sobre a utilização do e-mail corporativo.

Adote a criptografia

Para garantir a segurança e a confidencialidade de mensagens com conteúdos, é importante que a gestão de TI da sua empresa também adote um sistema de criptografia de e-mails, adicionando uma camada de proteção a mais à troca de mensagens.

Dê preferência ao compartilhamento em nuvem

Dentre vários benefícios de se adotar o cloud computing, esse recurso também aumenta a segurança dos dados da empresa. Com os arquivos salvos na nuvem, é possível que todo profissional autorizado tenha acesso ao documento com segurança, sem precisar submetê-lo a transações mais vulneráveis como o e-mail.

Treine e eduque os profissionais

Nunca é demais ressaltar que o usuário final é a ponta mais frágil da segurança da informação, onde geralmente falhas acontecem. Por isso, a gestão de TI deve sempre se preocupar em treinar e educar todos os profissionais da empresa sobre a importância das boas práticas no uso do e-mail corporativo, garantindo a proteção dos dados.

O ideal é que a segurança da informação se torne uma cultura da empresa, com a consciência de todos sobre sua importância, e não apenas processos chatos que atrasam e burocratizam a rotina.

 

Fonte: https://www.microcity.com.br/e-mails-corporativos/