A instalação de câmeras em Condomínios, Edifícios e Residências

A segurança residencial é uma das nossas maiores preocupações. Condomínios e edifícios geralmente possuem uma quantidade grande de residências e escritórios, que podem gerar uma grande rotatividade de moradores.

Prestadores de serviços, visitantes e vizinhos se misturam no mesmo ambiente, muitas vezes dificultando o reconhecimento de cada um deles.

Nesses ambientes os riscos de roubo e vandalismo podem ser mais elevados, por isso um sistema de monitoramento por câmeras projetado corretamente pode fomentar um ambiente de vida seguro para todos os residentes, visitantes e colaboradores.

A instalação de câmeras em condomínios, edifícios e residências não pode ser encarada como um custo, onde comprar o sistema mais barato já resolve o problema.

Trata-se de um investimento em segurança e que exige cuidados na implementação. Por isso cada projeto é diferente, envolve a integração de equipamentos de diferentes especificações técnicas, fabricantes e custos.

Os sistemas de monitoramento que utilizam câmeras IP

Qualquer sistema de monitoramento por vídeo é composto por um servidor de armazenamento de imagens, um software gerenciador, a infraestrutura de comunicação (cabos, conectores, switches, baloons, etc..) e câmeras.

As soluções de monitoramento mais antigas são conhecidas como sistemas CFTV (circuito fechado de TV), que utilizam equipamentos como gravadores DVR e câmeras analógicas. Nesses sistemas o software de monitoramento é embarcado, isso é, parte integrante do DVR.

Os DVRs e câmeras analógicas estão sendo gradativamente substituídos por NVRs e câmeras IP. Essa evolução tem proporcionado projetos de maior flexibilidade, custos menores e maior integração com dispositivos voltados para o uso na internet, como smartphones e toda infraestrutura de comunicação existente.

Grandes instalações para vigilância corporativa ou governamental geralmente utilizam sistemas baseados em servidores e dotados de softwares (VMS) voltados para esse fim.

Os componentes podem incluir comunicação por fibra óptica, rádio e sistemas de armazenamento de dados (storages) com replicação de dados e backup.

As câmeras IP são os componentes que incorporam a maioria dos sistemas de monitoramento por imagem, seja apenas de uma pequena residência até uma grande cidade.

Com diversos modelos disponíveis, essas câmeras são as responsáveis pela captação das imagens e transmissão de dados para o sistema de armazenamento central.

DVR ou NVR?

Saber porque instalar um sistema de monitoramento usando um DVR ou NVR poupa muitos administradores de futuros constrangimentos. Os DVRs podem ser considerados os precursores dos NVRs e, apesar de mais baratos e ainda muito utilizados, tem sérias limitações quando comparados com sistemas baseados no protocolo IP.

As dificuldades encontradas ao instalar um sistema de monitoramento analógico baseado em DVR tem levado muitos integradores a oferecer apenas as soluções baseadas em NVR.

Com baixa resolução, poucos recursos de gerenciamento, componentes mais caros, ocupando mais espaço e pouca flexibilidade para expansões, os DVRs estão sendo gradativamente descontinuados.

Benefícios das câmeras IP

Facilidade na instalação – As câmeras IP são simples de instalar e, ao contrário dos antigos sistemas montados com câmeras analógicas, podem ser instaladas em qualquer lugar, sem muita dificuldade. Alguns modelos funcionam via onda (Wi-Fi) e não precisam de pontos de energia próximos ao sistema (PoE).

Lugares públicos mais seguros – Qualquer sistema de segurança torna o ambiente mais seguro. Uma câmera montada na entrada do condomínio pode impedir que intrusos invadam uma área pública privada ou registrar possíveis ações suspeitas.

Além disso, instalar câmeras IP externas transmite segurança aos moradores, desencoraja a violência e ajuda a coibir possíveis crimes nas áreas comuns de condomínios.

Imagens em alta resolução – Sistemas de segurança e monitoramento baseados em câmeras IPs permitem registrar imagens em alta resolução, visualização via internet por dispositivos móveis e fazer a movimentação das câmeras com recursos PTZ (Pan, Tilt e Zoom) remotamente.

Imagens sempre disponíveis – Um sistema de monitoramento gerenciado por um NVR (Network Video Recorder) Qnap permite que as imagens das câmeras IP sejam transmitidas através da internet para qualquer morador autorizado e que tenha um dispositivo móvel conectado.

Esse recurso permite monitorar os ambientes de sua residência ou condomínio em tempo real ou acessar todas imagens previamente gravadas, de qualquer lugar e a qualquer hora.

Controle nos acessos – A vantagem de um sistema de armazenamento profissional é que todas as imagens são transformadas em arquivos e armazenadas em sistemas altamente confiáveis. Essas imagens podem ser protegidas por acesso em dois passos (usuário e senha), ter replicação em outro local e ser disponibilizada via email.

Câmeras de segurança em condomínios

Condomínios e edifícios podem variar drasticamente quanto ao tipo, nível social e tamanho, por isso requerem diferentes tipos e níveis de segurança.

Um projeto para monitorar esses ambientes deve prever o número de usuários do sistema, quantas câmeras serão instaladas, o tempo de gravação e retenção das imagens e a qualidade do material que será captado.

Além disso, grandes instalações exigem áreas específicas para alocar um profissional de segurança e todos os equipamentos necessários para entregar a melhor proteção para os moradores e usuários do sistema.

Fonte: https://www.controle.net/faq/sistema-de-vigilancia-com-cameras-ip-para-condominios-residenciais