fbpx

  Novas evidências surgiram para demonstrar como os serviços de inteligência americanos e israelenses, auxiliados por parceiros europeus, há muito tempo visava o Irã, apesar de evidências claras de que ele não constitui ameaça. A história envolve o vírus Stuxnet ou “worm”, que foi empregado pela primeira vez em 2007 e eventualmente identificado e exposto por especialistas em segurança cibernética em 2010.  Esta força tarefa, constituiu em um dos primeiros usos efetivos de