06

ago 2021

Tipos de backup

Backups não são todos iguais. Há variações de diversos tipos envolvendo inúmeros pontos, como quantidade de informações e necessidade de armazenamento. Significa que com a opção certa, as chances de seus dados serem otimizados são maiores.

Mas definir a melhor opção depende muito da sua compreensão da importância dos dados. Todas as informações são relevantes, algumas mais e outras menos. Entre as opções disponíveis temos:

*Backup completo: é a opção que realiza a cópia de todos os arquivos de determinado ambiente ou até mesmo um servidor. Pode transferir esses dados para um outro local, podendo ser em nuvem ou outra forma.

Exige uma quantidade maior de espaço de armazenamento, pois carrega um volume maior de dados. Isso influencia também na velocidade para completar esse processo. Ainda assim, esse tipo de backup garante segurança dos dados.

Essa é a opção ideal para quem deseja uma reprodução fiel e completa de todos os dados do ambiente. É muito usado por empresas grandes quando há uma reestruturação do setor. Isso ajuda a compreender melhor o quadro atual e executar as principais mudanças nesse setor.

*Backup incremental: essa é uma forma mais direcionada de armazenamento. O backup incremental faz uma cópia dos dados alterados. Isso acontece em períodos constantes, ou seja, os dados copiados são desde o último backup incremental (ou completo). Isso representa uma quantidade menor de dados no local escolhido.

Além disso, é considerado o mais rápido, pois não é feita uma cópia de todos os arquivos. A agilidade também é vista no tempo de restauração, já que o volume de dados é menor.

Para que não tenha chances de perder informações, é fundamental utilizar o backup completo nessa mesma política de backup. Ou seja, o backup incremental é complementar ao backup completo. Além disso, execute testes constantes após a realização desse processo. Assim você pode conferir a finalização e a recuperação de dados.

*Backup Incremental contínuo: essa nova modalidade de backup é semelhante à anterior, mas possui alguns diferenciais. A mesma possui a automatização do processo de recuperação de dados, ou seja, você não precisa verificar quais bancos de dados precisam ser recuperados. Essa é a principal diferença do backup incremental.

Funciona basicamente como um backup completo. Possui agilidade e transparência de uso, permitindo assim uma rapidez na recuperação. Isso sem falar que tem a necessidade de um espaço de armazenamento menor que aos demais.

É muito utilizada por empresas mais atualizadas. Especialmente pela capacidade de armazenar menos dados irrelevantes, ser mais rápido de carregar e a economia na hora de pagar por isso.

*Backup diferencial: o diferencial é semelhante ao incremental. A diferença está que os dados copiados são os alterados. Também trabalha por período, já que armazena apenas as informações diferentes em relação ao último backup completo.

Isso significa que se você executar um backup completo em uma data e o incremental em outra, os dados copiados serão os da data do backup completo. Por essa razão armazena mais dados. É considerado o intermediário, uma vez que a velocidade está na média.

Possui uma facilidade de recuperação, logo há de certa forma uma maior segurança dos dados armazenados. Uma ótima opção para quem tem setores com projetos a longo prazo, com alterações mínimas ou demoradas.

Como você pôde observar, é possível combinar diversos tipos de backups em um mesmo processo. Seja qual for o nicho ou tamanho da empresa, isso pode ser feito com o máximo de eficiência. Mas isso deve ser feito com calma e paciência, pois um erro pode atrapalhar toda a rotina da empresa.

Para começar, analise o seu ambiente e compreenda quais as possíveis combinações que podem ser feitas. Não tenha pressa nessa hora, pois cada setor tem uma característica e pode necessitar de um backup específico. Então analise bem tudo isso e faça combinações que realmente possam dar algum resultado.

Isso já faz parte da preparação da empresa para a implementação do backup. Existem outras etapas importantes e que fazem a diferença durante o processo. Descubra abaixo como isso pode ser feito, independente da empresa que você tenha.

Fonte: https://blog.diferencialti.com.br/tudo-sobre-backup/